Tel.: (11) 3676-0874 - comercial@revistapetrus.com.br

YPF Brasil investe R$48 milhões em reformulação de planta

DCIM/100MEDIA/DJI_0218.JPG

DCIM/100MEDIA/DJI_0218.JPG

Buscando otimizar processos e tornar a produção ainda mais tecnológica, a YPF Brasil anuncia o projeto “Planta do Futuro”, que vai readequar a estrutura da multinacional no país e torná-la mais digital, em reforma que tem valor estimado em R$48 milhões.

O projeto, que teve início há cinco anos, já quadruplicou a capacidade de produção da empresa, que antes gerava cerca de 1 milhão de litros de lubrificante automotivo por mês e hoje consegue alcançar a mesma quantidade em apenas uma semana de operação. Até 2023 é esperado o alcance da marca de 10 mil metros cúbicos por mês.

Como consequência, a empresa pretende aumentar oportunidades de emprego nos próximos anos, visando novos talentos com experiência em automação e tecnologia, que serão essenciais para suprir as demandas ocasionadas pelo aumento expressivo da presença tecnológica nos processos da YPF. “Com a expectativa de termos uma fábrica cada vez mais inteligente e produtiva, a chegada de pessoas das áreas de estatística, programação e engenharia de processos se torna uma necessidade essencial para alcançarmos esses objetivos”, afirma Fábio Lopes, gerente de operação industrial da YPF Brasil.

As melhorias tecnológicas permitiram, além do aumento da capacidade de produção, a diminuição de erros ocasionados pela ação humana por meio da inclusão de máquinas e robôs proativos que não só evitam equívocos, mas também ajudam no processo de identificação deles.

Outra preocupação da YPF Brasil é o impacto sustentável da nova planta sobre o meio ambiente. Atualmente, a empresa consome 500 gramas de gás liquefeito de petróleo para a produção de um metro cúbico de lubrificante, enquanto concorrentes consomem cerca de 2 quilogramas para a produção da mesma quantidade de produto final.

Embora esteja em desenvolvimento, a realidade trazida pelas alterações na planta da fábrica já estão incluídas na rotina dos funcionários da empresa. “A tecnologia é importante, mas as pessoas nessa nova estrutura que  montamos é a chave para o nosso sucesso. Falamos de indústria 4.0, mas para falar a verdade penso que o ideal é construirmos uma planta onde homem e  tecnologia possam trabalhar lado a lado”, completa Fábio.

A primeira linha produtiva inteligente é resultado das melhorias do projeto “Planta do Futuro”, e tem previsão de lançamento em dezembro de 2021.

 

Sobre a YPF

A YPF transforma vidas através de energia, uma das maiores empresas produtoras de petróleo e gás da América Latina, sendo a maior empresa Argentina em termos de receita, com quase 100 anos de história e 20.000 colaboradores. Lidera com 54% de market share em lubrificantes o mercado local e soma mais de 1600 postos de combustíveis.

Atua no Brasil desde 1998, possui sede e fábrica em Diadema-SP, com capacidade produtiva de 47 mil toneladas por ano e  distribuição em todo país. A marca destaca-se por ser a  que mais cresce no mercado brasileiro pelo 3º ano consecutivo, no segmento de lubrificantes, segundo o IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás). Visite o site  www.ypf.com.br e conheça as redes sociais para saber mais sobre a história.