Tel.: (11) 3676-0874 - comercial@revistapetrus.com.br

Procon-RJ notifica dez postos Ipiranga por propaganda enganosa

Denúncias de consumidores levaram os fiscais do Procon Estadual do Rio (Procon-RJ) a notificar dez dos 15 postos de combustível Ipiranga vistoriados pelo órgão. Segundo o Procon-RJ, foi identificada prática de propaganda enganosa. Cartazes e faixas atraem consumidores a entrar nos postos para abastecer, mas o preço em destaque é válido apenas para aqueles que têm o aplicativo “Abastece Aí”, do programa de fidelidade “Km de vantagens Ipiranga”. Os fiscais determinaram a retirada imediata dos cartazes e faixas de promoções.

O Procon-RJ ressalta que em todo o material a informação sobre o público a que se destina a oferta não tem a mesma ostensividade da informação do litro do etanol, por R$ 3,799, e da gasolina, e R$ 4,689. As informações relativas à validade das ofertas e aos horários predeterminados e dias da semana de sua validade também estavam em letras miúdas.

No Auto Posto do Trabalho (Rua São Francisco Xavier 312, São Francisco Xavier), por exemplo, segundo os fiscais, havia três faixas com valor promocional do GNV, mas a informação de que o preço somente era válido para quem abastecesse entre 22h e 6h e aos domingos estava em letras miúdas.

Procurada, a Ipiranga informou que o seu aplicativo “Abastece Aí” é um meio de pagamento consolidado no mercado e que traz benefícios, como “o desconto de até 5% na hora do abastecimento, exclusivo para os participantes do programa de fidelidade, Km de Vantagens”.

A companhia afirmou que os materiais de divulgação utilizados para essa comunicação já foram objetos de análise pelo Ministério Público de Minas Gerais, que entendeu legítima essa publicidade e de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor.

A empresa afirmou ainda orientar seus revendedores para o uso correto do material publicitário e declarou que entrará em contato com os postos notificados para a verificação do material utilizado.

A Ipiranga acrescentou que mantém “um canal de atendimento ao cliente para dúvidas ou questionamentos e que entrará em contato com o Procon-RJ para esclarecer as eventuais dúvidas do órgão fiscalizador, assim como fez com o órgão de outros estados, obtendo os esclarecimentos necessários”.

Fonte: Extra