Tel.: (11) 3676-0874 - comercial@revistapetrus.com.br

IPCA-15 fecha mês de abril em 1,73%, maior índice em 27 anos

dinheiroO Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação, chegou a 1,73% em abril, após marcar 0,95% em março.  Os dados, divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira 27, mostram novos recordes. A taxa é a maior para o mês desde 1995 e teve uma variação mensal que não é vista desde fevereiro de 2003.

Em 12 meses, o IPCA-15 acumula alta de 12,03%. Um aumento de 1,24% em relação ao mesmo período anterior.

O alto preço da gasolina foi o principal fator para o aumento da inflação, respondendo por 0,48 pontos percentuais.

Os outros combustíveis também apresentaram alta, elevando o preço dos transportes para 3,43% na prévia do mês.

O levantamento também apontou que os alimentos estão ainda mais caros em abril. O grupo de alimentação e bebidas apresentou uma alta de 2,25% no mês. Entre os produtos que mais tiveram seus preços afetados estão o tomate, o leite e a cenoura.

O resultado fugiu das expectativas do mercado que previam a taxa de inflação próxima dos 7,65%.  O balanço do IBGE mostra que a taxa é mais que o dobro da meta para o ano.

Apesar da alta, a inflação ainda registra menos pontos percentuais do que no ano de 2021, de 10,06%.

Fonte: Carta capital