Tel.: (11) 3676-0874 - comercial@revistapetrus.com.br

ECB e Shell definem compra de biocombustível

O Grupo ECB Paraguay e a Shell Trading (US) Company (“Shell”) assinaram um contrato plurianual que fornecerá mais de 500 milhões de litros por ano de diesel renovável e combustível renovável para aviação à Shell, uma das maiores empresas de energia do mundo.

O contrato está previsto para ser executado a partir de 2024. O diesel renovável HVO (Hydrotreated Vegetable Oil) e o combustível renovável para aviação (Synthetic Paraffinic Kerosene – SPK), também conhecido como Sustainable Aviation Fuel (SAF), serão produzidos na biorrefinaria Omega Green do Grupo ECB a ser construída no Paraguai, com capacidade total de produção de 20.000 barris por dia de HVO, SPK, SAF e nafta verde.

“Estamos muito satisfeitos por ter a Shell como nosso maior offtaker individual”, disse o fundador e CEO do ECB Group, Erasmo Carlos Battistella. “Com o foco bem conhecido da Shell em iniciativas de descarbonização, faz todo o sentido trabalharmos juntos para fornecer fontes de soluções de combustíveis renováveis, especialmente nos setores de transporte rodoviário e aviação. Este acordo também posiciona a biorrefinaria Omega Green de última geração como um grande produtor para atender a uma demanda crescente por combustíveis de baixo carbono”.

O ECB Group, liderado por Battistella, é o maior produtor brasileiro de biodiesel com capacidade anual de 828 milhões de litros. Com o contrato  o grupo se estabelece como o futuro produtor líder de HVO e SAF no hemisfério sul, fornecendo combustíveis que ajudam a impulsionar a descarbonização dos principais setores de transporte, como aviação e transporte rodoviário.

“Os biocombustíveis devem desempenhar um papel fundamental na obtenção de um sistema de energia com emissões líquidas zero, mas a colaboração é crítica para que o fornecimento e uso mundial desses combustíveis de baixo carbono se tornem mais difundidos”, disse Odeh Khoury, Vice-presidente da Shell para Comércio de Produtos e Abastecimento, Américas.

O projeto do ECB Group para construir e operar a biorrefinaria  Omega Green inclui a contratada Honeywell UOP, proprietária da tecnologia de refino de combustível renovável UOP Process reactors™; Crown Iron Works, uma empresa americana que fornece sistemas e tecnologias de processamento incluindo tecnologia de pré-tratamento de matéria-prima, e Acciona, uma das maiores empresas de engenharia e construção do mundo.